Mauá recebe prêmio Odebrecht para o desenvolvimento sustentável

Via ABC do ABC

As engenheiras químicas, Bárbara Bertin Mente, Mônica Caroline Martins, Suzana Mayumi Yamaguchi e Viviane Ciola Sanchez receberam Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável

premio-odebrecht

Trabalho do Instituto Mauá de Tecnologia recebe Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável Crédito: Divulgação

A cerimônia, em sua 8.ª edição, ocorreu nesta segunda feira no Museu do Amanhã, Rio de Janeiro.

As engenheiras tiveram como orientador do projeto “Produção de Eteno Verde Assistida por Micro-ondas” o professor de Engenharia Química do Instituto Mauá de Tecnologia, Dr. Luiz Alberto Jermolovicius.

O trabalho trouxe os resultados do estudo para a produção de eteno verde que utiliza micro-ondas em vez da queima de combustível fóssil, o que permitirá um processo produtivo mais amistoso ao meio ambiente. “Esse foi um trabalho com resultado muito positivo que tornou possível eliminar totalmente a geração de gás de efeito-estufa, substância altamente nociva ao meio ambiente”, comenta o professor Jermolovicius.

“O trabalho é de alto nível, graças à competência das executoras e do professor, que contaram com a ótima infraestrutura oferecida pela Mauá. Sentimo-nos recompensados por vermos que nossos esforços para uma educação voltada para a inovação estão dando resultados” diz o Pró-Reitor do Instituto Mauá de Tecnologia, prof. Marcello Nitz.

Fonte: ABC do ABC | www.abcdoabc.com.br
Postado por: Grupo Discom | grupodiscom.com.br

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *