ABC recebe 30.190 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca

O Governo do Estado divulgou nesta segunda-feira (25/01) que o ABC receberá 30.190 doses da vacina contra o covid-19 produzida pelo consórcio Oxford/AstraZeneca, com a parceria no Brasil liderada pela Fiocruz. A vacinação com este imunizante inicia nesta terça-feira (26/01) e seguirá a mesma linha da Coronavac (Instituto Butantan/Sinovac), e será disponibilizada para os grupos prioritários como os profissionais de Saúde.

São Bernardo receberá 9.110 doses, Santo André terá 8.740 doses, São Caetano terá 3.700 doses, Mauá receberá 3.640 doses, Diadema contará com 3.440 doses, Ribeirão Pires terá 1.240 doses e Rio Grande da Serra contará com 320 doses. Diferente da Coronavac que exige uma segunda dose entre 14 e 28 dias, a Oxford fala em 12 semanas de aplicação entre as duas fases de imunização.

Na região a ideia é a utilização de todo o lote, assim como ocorreu com o primeiro lote da Coronavac. Sobre a vacina do Instituto Butantan, ainda é aguardada a definição do destino das 4,1 milhões de doses do segundo lote que já estão no Brasil e que serão distribuídas a partir da divisão que será feita pelo Ministério da Saúde.

Enquanto a vacinação engatinha no Brasil, tanto os representantes do Governo Federal, do Congresso Nacional e do Governo Paulista tentam junto aos chineses a liberação de insumos para que se possa ter mais doses no Brasil, principalmente para garantir a segunda vacina para quem tomou a primeira na semana passada.

Até às 16h10, desta segunda, 145.633 pessoas foram imunizadas no estado de São Paulo.

Postado por Grupo Discom

 

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *