São Bernardo é a 2ª cidade menos vulnerável à Covid-19 do Brasil

Estudo produzido pelo Instituto Votorantim destaca número de leitos já entregues ao sistema de saúde para atendimento aos pacientes que testaram positivo para a doença

São Bernardo é o segundo município brasileiro menos vulnerável à disseminação da Covid-19, de acordo com o Índice de Vulnerabilidade dos Municípios (IVM), criado pelo Instituto Votorantim. De acordo com o levantamento, das 5.570 cidades analisadas em todo o País, o município se destaca em indicadores que apontam o número de leitos já entregues ao sistema de Saúde, assim como, quantidade de respiradores, economia local e estrutura da rede municipal. A inauguração de novos hospitais, realizada pelo prefeito Orlando Morando, também foi ponto positivo na avaliação.

O estudo levou em consideração dados públicos de diferentes bases, como a do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do Sistema Único de Saúde (SUS), Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANSS).

Na análise feita por técnicos do instituto, São Bernardo tem hoje uma das melhores estrutura na rede municipal de Saúde do Brasil para atender seus moradores, com suspeita ou confirmação para Coronavírus. Segundo o estudo, o município possui 27 leitos de UTI para cada 100 mil habitantes, e 56 respiradores na mesma proporção, respectivamente. O município é o mais bem avaliado quando analisado apenas cidades com mais de 500 mil habitantes.

Apenas nos últimos 20 dias, a Prefeitura de São Bernardo realizou a entrega de dois novos equipamentos voltados ao atendimento exclusivo de pacientes com Coronavírus: o novo Hospital de Urgência, com 250 leitos, sendo 170 de enfermaria e 80 de UTI; e o Hospital Anchieta, com 100 novos leitos.

“Ficamos orgulhosos de ver que o trabalho no combate à doença vem dando resultado e nossa cidade é reconhecida nacionalmente por isso. Nas últimas semanas conseguimos entregar 350 novos leitos, com a entrega do Hospital Anchieta e do Hospital de Urgência, ambos focado no atendimento de pacientes com Coronavírus. Juntas, ambas as unidades tem quase 2.000 profissionais da linha de frente ao enfrentamento da pandemia. Com isso, temos garantido atendimento de qualidade para nossa população”, destacou o chefe do Executivo.

Estrutura

Ao todo, o índice elaborado pelo Instituto Votorantim tem 18 indicadores distribuídos em cinco pilares temáticos de diferentes pesos: população vulnerável , economia local, estrutura do sistema de saúde, organização do sistema de saúde, e capacidade fiscal da administração municipal.

Cada indicador tinha peso que varia de 0 a 100: quanto mais alto o valor, maior é a vulnerabilidade. No ranking geral, São Bernardo obteve índice 30,06, ficando atrás apenas da cidade de Colina (SP), que possui 18 mil habitantes.

 

Fonte: ABC do ABC

Postado por: Grupo Discom | Grupodiscom.com.br

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *