Queda de 2,11% no preço dos hortifruti impulsionam custo da cesta para baixo

Via Prefeitura de Santo André

Retração registrada em pesquisa semanal da Craisa para o conjunto de 34 itens foi de 1,46% o que representa economia de R$ 7,92 para os consumidores do Grande ABC

grupo-discom

O preço da cesta básica na região do Grande ABC voltou a apresentar queda nesta semana, segundo levantamento elaborado pela Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André). Enquanto na pesquisa anterior a retração havia sido modesta, de apenas 0,31%, esta registrou 1,46%, o que representa uma economia de R$ 7,92. A aferição de preços apontou ainda que a queda foi puxada, principalmente, pela diminuição do custo dos alimentos do segmento hortifrutigranjeiro que ficou 2,11% mais em conta.

Entre aqueles que mais tiveram retração de preços estão a unidade do pé da alface em 12,48%, além da cebola, tomate e da laranja que ficaram, respectivamente, 8,81%, 8,55% e 6,44%, mais baratos.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Craisa e responsável pela pesquisa, Fábio Vezzá de Benedetto, as variações já ajudam o consumidor e sinalizam uma ligeira melhora no abastecimento de algumas frutas, verduras e legumes que tendem a ter os preços mais em conta nas estações outono/inverno. “A tendência é de que com a chegada da safra de tangerinas nesta época do ano, junto com a laranja que deve registrar uma colheita mais concentrada a partir de agora, influenciem até o preço de outras frutas, o que é natural, principalmente pela competição”, sugere Vezzá. “Nesta época do ano, além do clima ser mais favorável ao cultivo, o consumo de frutas, em especial nos sucos, e verduras com as saladas, tendem a cair, o que influencia ainda mais a queda nos preços”, conclui.

Por outro lado, alguns itens também computaram significativas altas nesta semana. Casos da batata em 8,86%, o arroz em 5,43%, além da banana que ficou 5% mais cara.

A respeito da Craisa

Instituída por meio da Lei nº 6639, de 11 de junho de 1990, a Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) é responsável pela execução da política integrada de Abastecimento e Segurança Alimentar, por meio da produção e distribuição da alimentação escola e da refeição do servidor público municipal, além de gerenciar equipamentos de abastecimento no município tais como sacolões, varejão, feiras livres, dentre outros. Faz parte deste conjunto de ações a Ceasa Grande ABC – também instalada no equipamento –, que integra as diversas instâncias e compõe um dos perfis da política de abastecimento alimentar na região de modo a regular um equilíbrio maior entre oferta, preço e qualidade dos produtos.

Localizada na Avenida dos Estados, nº 2195, bairro Santa Terezinha, o espaço dispõe também às quartas-feiras, das 5h às 10h, e às sextas-feiras, das 17h às 22h, do Mercado de Flores, que funciona em uma área de 900 m², no qual são oferecidos flores naturais e artificiais, bonsais e acessórios. Outro atrativo disponível no mesmo local, entretanto, apenas às quartas-feiras, das 14h às 18h, é o Mercado de Peixes Ornamentais, onde podem ser encontrados peixes, roedores, cães, rações, acessórios, dentre outros. Para garantir maior conforto aos visitantes, são oferecidas 850 vagas de estacionamento no local.

A respeito de Santo André

A Vila de Santo André da Borda do Campo foi fundada em 8 de abril de 1553 e extinta em 1560. A localidade passou a ser parte do município de São Paulo e apenas em 1889 é que a região passou a ter um município com nome de São Bernardo. Este abrigava todo o ABC, e com a transferência de sede em 1939 passou a ser denominado Santo André. Este nome permaneceu, e após diversas emancipações de distritos, em 1953, o município de Santo André passou a ter a área atual de 174,38 km².

Localiza-se no ABC paulista (Região Metropolitana de São Paulo), distante 18 km da Capital. A cidade é estratégica para o setor logístico, pois está inserida no principal polo econômico brasileiro, próxima a algumas das principais rodovias estaduais e federais, as quais dão acesso ao Porto de Santos e aos aeroportos de Cumbica e de Congonhas.

Conforme último Censo, divulgado em 2010, com estimativa para 2014, Santo André possui 707.613 habitantes. No ano de 2012, o PIB (Produto Interno Bruto) foi de R$ 18,085 bilhões, sendo o 32º maior do País e o 12º maior entre as cidades do Estado de São Paulo. O orçamento previsto para 2016 é de R$ 3,38 bilhões.

Fonte: Prefeitura de Santo André | www2.santoandre.sp.gov.br
Postado por: Grupo Discom | grupodiscom.com.br

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *