Paço de Santo André ganha iluminação em apoio ao Setembro Amarelo

Neste ano, em meio ao atual cenário de pandemia da Covid-19, abordar assuntos como valorização e preservação da vida ficou ainda mais importante. A solidão provocada pelo isolamento social pode aumentar o risco de suicídio, cuja prevenção é o principal objetivo do Setembro Amarelo, que teve início nesta terça-feira (1º).

Como parte da campanha de conscientização, o prédio da Prefeitura e o espelho d’água do Paço Municipal ganharam iluminação amarela, que será utilizada durante todo o mês de setembro. Além disso, a administração preparou materiais visando promover o cuidado humanizado.

A rede municipal de saúde oferece acolhimento para pessoas que sofrem com quadros depressivos ou sofrimentos psíquicos. O munícipe pode procurar diretamente a unidade de saúde de referência para que o acolhimento desse sofrimento seja realizado junto à equipe multiprofissional, que diagnosticará o usuário e irá direcioná-lo para receber o tratamento mais adequado para cada caso.

Além da rede pública municipal, o CVV (Centro de Valorização à Vida) presta apoio emocional e prevenção do suicídio, por meio do telefone 188 (ligação gratuita). O atendimento também é feito por email, chat, atendimento pessoal e CVV Comunidade, com ações abertas à população que estimulam o autoconhecimento e melhor convivência em grupo e consigo mesmo.

O Setembro Amarelo foi organizado nacionalmente em 2015 e teve adesão de Santo André em 2017. Desde então tem ganhado força, com a ampliação das ações de sensibilização e conscientização dos munícipes.

Em 5 de setembro de 2019 foi aprovada a lei que institui o Plano Municipal de Valorização à Vida e a campanha Setembro Amarelo, que têm como objetivo reduzir as taxas de suicídios e suas tentativas, além de identificar e acompanhar indivíduos que apresentem comportamentos suicidas. Santo André registrou 360 suicídios no ano passado e 277 neste ano.

 

Fonte: O Grande ABC

Postado por Grupo Discom

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *