Inicia novo trecho do corredor de ônibus Rudge Ramos

Via ABC do ABC

No total, corredor de ônibus do Rudge Ramos terá 6,8 quilômetros e vai ligar a região Norte ao Centro da cidade

Corredor é uma importante ligação entre a região Norte de São Bernardo com o Centro da cidade Crédito: PMSBC

Corredor é uma importante ligação entre a região Norte de São Bernardo com o Centro da cidade
Crédito: PMSBC

Teve início na segunda-feira (4) a construção de trecho de 1,7 quilômetro, no sentido bairro, do corredor de ônibus Rudge Ramos. As obras serão executadas do terminal Vila Império, na Avenida Dr. Rudge Ramos, divisa com São Paulo, até as imediações da Praça São João Batista, no Rudge Ramos. A intervenção deve durar cerca de três meses. O corredor de ônibus terá, no total, 6,8 quilômetros de extensão.

Durante o período de obras, haverá estreitamento de trecho da pista da Avenida Dr. Rudge Ramos, de modo a não impedir a circulação de veículos. Para a implantação do corredor serão feitas, além da construção da faixa exclusiva, a restauração e readequação do pavimento, piso, rampas, gradis, faixas de travessia, semáforos e iluminação.

Enquanto durar a intervenção, será suspensa a operação da faixa exclusiva de ônibus na Avenida Dr. Rudge Ramos, medida que limita a circulação de veículos de passeio em determinados horários. “Assim que as obras terminarem, a faixa exclusiva voltará a operar nas mesmas condições até a implantação do Corredor Rudge Ramos”, explicou Alécio Batista, diretor Operacional da Empresa de Transporte Coletivo de São Bernardo.

Agilidade – O corredor de ônibus Rudge Ramos começa na Praça Samuel Sabatini, onde tem início a Avenida Senador Vergueiro, passa pela Avenida Dr. Rudge Ramos e segue até o terminal Vila Império, na mesma avenida, onde estacionam as linhas municipais que atendem o Rudge Ramos. A ordem de serviço da obra foi dada em fevereiro de 2016.

Considerado importante ligação entre a região Norte de São Bernardo com o Centro da cidade, o corredor atende 35% da demanda do transporte coletivo municipal, o que corresponde a mais de 230 mil passageiros por dia. O corredor será implantado com embarque/desembarque à esquerda com faixa central. Em toda a via serão implantados 16 pontos de parada, além de outras estruturas de sinalização viária. Como a intervenção vai segregar a faixa dos coletivos, o trânsito também vai fluir melhor para os veículos particulares.

Na prática, o corredor Rudge Ramos vai representar uma melhora significativa para a população que usa o transporte coletivo. “Como o corredor fica livre para os ônibus, o motorista consegue desenvolver uma velocidade constante, o que vai possibilitar diminuir em 25% o tempo de percurso. O trajeto que ele fazia em 60 minutos poderá ser feito, com o corredor, em 45 minutos”, explica o secretário de Transportes, Oscar Silveira Campos.

Outra consideração do secretário se refere aos benefícios do corredor para a região, em especial os moradores do bairro. “O Rudge Ramos está inserido em uma área que concentra comércio, serviços e diversas instituições de ensino”, explicou Campos.

A instalação do corredor Rudge Ramos faz parte do Programa de Transporte Urbano de São Bernardo, que prevê investimento de US$ 250 milhões do Banco Interamericano de Investimento (BID) para a construção de 12 corredores municipais e três terminais de integração.

MAIS UM TRECHO – Também está em andamento a obra de trecho do corredor próximo ao Paço Municipal. As intervenções ocorrem entre a Avenida Aldino Pinotti, Rua José Versolato, Avenida Senador Vergueiro e Rua Takeo Ino.

“Com a implantação total do corredor, a região será beneficiada com a melhora da qualidade dos serviços de transporte público em função da diminuição do tempo de viagem e de espera para o passageiro. Também será possível reforçar a integração com o transporte metropolitano”, completou o secretário.

OUTROS – Além do Rudge Ramos estão em pleno andamento na cidade os corredores Leste/Oeste, João Firmino e Alvarenga, assim como o Terminal Alves Dias, no Bairro Assunção. As obras desencadearam diversas frentes de trabalho, como a construção de viadutos, de drenagem superficial e profunda, pavimentação, muros de contenção e estruturas em concreto armado de lajes e vias.

Fonte: ABC do ABC | www.abcdoabc.com.br
Postado por: Grupo Discom | grupodiscom.com.br

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *