Fundo Social SP participa do Programa Meu Emprego

programa-meu-primeiro-emprego2_438988d0

via ABC do ABC

Portal reúne todas as vagas dos cursos profissionalizantes ofertados pelo Governo do Estado. Ampliação do número de vagas será de 25%, passando para 130 mil

O Governador João Doria lançou nesta terça-feira (04), o programa Meu Emprego, uma plataforma online que integra todos os cursos gratuitos de qualificação profissional oferecidos pelo Governo do Estado. O site disponibiliza também um sistema para registro de cursos pelas prefeituras paulistas, afim de atender as demandas atuais do mercado de trabalho por mão de obra qualificada. Com o programa, o número de vagas de qualificação foi ampliado em 25% em todo o Estado, passando de 103 mil, para 130 mil vagas.

“A ampliação deste programa de qualificação vem muito dentro da nossa proposta de governo. Desde o início, ainda na campanha, falávamos em geração de emprego como uma de nossas prioridades. Gerar empregos é gerar oportunidades, é qualificar”, comentou Doria. “Vamos juntos fazer com que o programa Meu Emprego proporcione uma oportunidade real de reduzir o desemprego no Estado de São Paulo. E ao fazer aqui, estamos contribuindo também para que o Brasil evolua na redução do índice de desemprego”, relacionou o Governador.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico é responsável pela plataforma http://www.meuemprego.sp.gov.br, que concentra as informações dos programas estaduais de qualificação e empregabilidade para acesso da população. A inovação do portal também se dá ao criar um sistema para registro de demandas de cursos por parte das prefeituras paulistas. A partir da identificação da demanda dos municípios e das necessidades do mercado de trabalho local, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico avaliará a oferta de qualificação para cada região.

O Fundo Social de São Paulo participa do programa e oferece cursos gratuitos de qualificação profissional de até 120 horas, para jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social.

As atividades são ministradas pelas  Escolas de Qualificação (Moda, papelaria e Casa / Beleza, estética e bem-estar / Gastronomia e hospitalidade / Bioconstrução e Informática e Programação) e são realizadas em local pedagogicamente adequados. As inscrições para as novas turmas serão abertas em breve.

Alunas dos cursos que já foram finalizados tiveram iniciativas empreendedoras. Em Santo André, no ABC Paulista, formandas do curso de manicure da Escola de Beleza, Estética e Bem-estar,  lançaram a “Esmalteria das Meninas”. O espaço foi disponibilizado pela Associação Beneficente do Jardim Santo André e o material necessário para iniciarem o projeto foi doado pelo Fundo Social.

Outras alunas do mesmo curso foram contratadas pelo aplicativo SINGU, que é uma espécie de IFOOD da Beleza, oferecendo serviços da área de beleza e estética em casa em 40 minutos.

Já no curso de Corte e Costura da Escola de Moda, Papelaria e Casa que se formaram em Maio desenvolveram uma parceria empreendedora para a produção de scrunchie, um tipo de prendedor de cabelo. Até agora já foram vendidos 90 e mais 400 estão encomendados. Elas criaram um perfil no Facebook chamado “Reality do Gueto” para divulgar as peças.

FOTO: Fundo social/ Luana Oliveira

Fonte: ABC do ABC | http://www.abcdoabc.com.br

Postado por: Grupo Discom

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *