Fisioterapia auxilia na recuperação de pacientes com câncer de próstata

Via: Abc do Abc

Fisioterapia auxilia na recuperação de pacientes com câncer de próstata

Tratamento de reabilitação realizado na clinica da Anhanguera de São Bernardo promove qualidade de vida e ajuda na melhora da incontinência urinária

A conscientização do brasileiro sobre os riscos do câncer de próstata tem evoluído, assim como os tratamentos para prevenir e tratar a doença. Na Clínica Escola de Fisioterapia da Anhanguera de São Bernardo, o atendimento tem ajudado a recuperar a autoestima dos homens que foram submetidos à cirurgia e que apresentam algum grau de incontinência. As sessões são gratuitas e realizadas duas vezes por semana no centro clinico localizado no bairro do Rudge Ramos. Para participar basta apresentar o encaminhamento médico e passar por uma triagem.

A próstata está localizada na região da bexiga e do esfíncter. A maior parte dos casos de incontinência em pacientes com câncer ocorre por causa de lesão no esfíncter durante a cirurgia.  “O tratamento fisioterapêutico nesses casos é para a reabilitação dos músculos do assoalho pélvico. O treinamento dessa musculatura visa melhorar a força e a resistência muscular da região, promovendo assim a melhora da perda urinária. O tratamento pode ser realizado por meio de exercícios dos músculos do assoalho pélvico, biofeedback, eletroestimulação com eletrodo anal, ou a combinação desses métodos”, explica a supervisora de fisioterapia pélvica da Anhanguera de São Bernardo, Ana Paula Bispo.

Segundo ela, o tratamento realizado na clínica tem despertado o interesse dos pacientes. “A incontinência urinária afeta o homem substancialmente, levando-o a desânimo, depressão e exclusão social, e tem sido colocada como mais impactante que a disfunção erétil na qualidade de vida do paciente”, revela a fisioterapeuta, que também é especialista e doutoranda em Urologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

O câncer de próstata é o segundo que mais faz vítimas entre os homens brasileiros. Se detectado em estágio inicial, as chances de cura chegam a 90%. Por isso, quem tem 45 anos ou mais deve se prevenir. E uma das maneiras é fazer uma consulta com o urologista, todos os anos.

O mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do homem, e foi escolhido devido ao Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, celebrado em 17 de novembro. Considerado o sexto tipo mais comum da doença no mundo, o câncer de próstata também é o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia todos os homens com 45 anos de idade, ou mais, devem fazer o exame de próstata anualmente, o que compreende a realização dos exames de toque retal e de sangue PSA (Antígeno Prostático Específico), na sigla em inglês.

SERVIÇO

Anhanguera ABC |  Fisioterapia para pacientes com câncer de próstata

Informações e inscrições: :(11) 4362-9036 / 4362-9037

Local: Anhanguera de São Bernardo – unidade ABC

Avenida Dr. Rudge Ramos, 1501 – bairro Rudge Ramos – São Bernardo do Campo

Fonte: Abc do Abc | www.abcdoabc.com.br
Postado por: Grupo Discom | grupodiscom.com.br

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *