Atraso na entrega de uniformes se repete mais uma vez no ABC

Via: Repórter diário

atraso no uniforme escolar

As aulas nas escolas públicas da região começaram e, novamente, a maioria das Prefeituras não entregou os kits de uniforme. Diadema foi a única cidade onde a distribuição já teve início. Santo André prevê entregar até o início de março. São Bernardo, Mauá, São Caetano e Ribeirão Pires ainda estão em processo de licitação e sequer têm previsão de entrega.

Os estudantes de São Bernardo, que já sofreram com o atraso dos uniformes no ano passado, enfrentam o drama mais uma vez. A Prefeitura avisa que ainda não fez a entrega devido à ausência de atas para abertura de licitação. Enquanto isso, os mais de 85 mil alunos vão à escola sem identificação ou reaproveitam, se servir, o uniforme do ano passado. “Falaram que vão mandar só para quem vai entrar no primeiro ano, então minha filha deve ficar sem”, reclama a mãe de uma aluna da EMEB Profª Anitta Magrini Guedes, que não quis ser identificada.

“Quando os uniformes estão próximos de chegar, eles pedem a numeração do sapato e o número da roupa. Até agora não pediram nada, nem falaram do uniforme, então imagine quanto tempo vai demorar receber o material”, comenta Ivone da Silva, cuidadora de Luiz Fernando, 9, estudante da EMEB Profª Anitta Magrini Guedes, no bairro Baeta Neves. “Já deveriam ter entregue, porque elas não podem usar a roupa do ano passado, pois não cabe”, disse Edson Rodrigues, segurança, que tem duas filhas, com quatro e sete anos na EMEB.

Em Ribeirão Pires, a Prefeitura informa que está em processo de compra de uniformes e kits escolares. É aguardar. Ano passado, o material foi entregue em abril. Outra cidade que aguarda finalizar a licitação é Mauá, também sem previsão na distribuição dos kits.

Em São Caetano, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu a licitação de 40 mil novos kits em dezembro de 2016. A decisão do TCE aconteceu após o apontamento de ‘vícios’ no edital. Rio Grande da Serra é a única das sete cidades que não fornece uniforme aos 1,9 mil alunos de ensino infantil.

Exceções

Após reclamações pelos alunos não terem recebido uniformes em 2016, Santo André informou nesta semana que haverá distribuição das vestimentas. A promessa é até o começo de março a Prefeitura conclua a entrega para 33.029 estudantes de educação infantil, ensino fundamental e EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Na última terça-feira (7) as Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Madre Teresa de Calcutá, no Parque João Ramalho, e Sonia Aparecida Marques, na Vila Palmares, foram as primeiras a receber os kits com material escolar.

Diadema fez distribuição de uniformes no dia dia 3 aos alunos da EMEB (Escola Municipal de Educação Básico) Maria Clara Jacob Machado, no Jardim Inamar. A promessa é que os 31 mil estudantes da rede recebam até o final de fevereiro. Como não houve entrega em 2016, o Paço avisa que a partir de março fará a distribuição do material atrasado. (Colaborou Raíssa Ribeiro)

Fonte: Repórter diário |www.reporterdiario.com.br
Postado por: Grupo Discom | grupodiscom.com.br

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *