Aberta a exposição de Juan Moreno Bianchi

Via: ABC do ABC

Aberta-a-exposição-de-Juan-Moreno-Bianchi

São Bernardo recebe a exposição “O Consciente e o Inconsciente na Pintura”. Opção cultural gratuita está no salão principal da Pinacoteca Municipal até o dia 18 de novembro

Com entrada gratuita para a população, a Pinacoteca de São Bernardo recebe no salão principal, até o dia 18 de novembro, a exposição “O Consciente e o Inconsciente na Pintura” do artista Juan Bianchi Moreno.

São 16 obras que demonstram o interesse de Juan em fazer pinturas com potencial de agir como pontes entre aqueles aspectos da vida psicológica que permanecem em grande parte não reconhecidos, suprimidos ou mesmo recalcados da consciência.

Durante a cerimônia de abertura, nesta quarta-feira (05/10), a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Carla Morando, reforçou a importância em oferecer opções culturais na cidade

“Temos o compromisso de resgatar o papel cultural da Pinacoteca, é um espaço que deve ser valorizado e prestigiado pelos munícipes”

, declarou Carla.

Segundo o artista, o nome da exposição “O Consciente e o Inconsciente na Pintura” tem a ver com as imagens de transcendência no sentido junguiano. “São aquelas figuras capazes de aumentar a consciência ao integrá-las com o inconsciente e seus arquétipos profundos. Imagens que estão além do belo e do feio, do bem e do mal. Pois como dizia Freud, o inconsciente desconhece esses limites e a negação”, explicou Juan Bianchi Moreno.

SOBRE O ARTISTA JUAN BIANCHI MORENO
Formado em direito, o artista aos 25 anos passa a cursar design na FAAP em 2014, onde percebe seu real amor pela arte e descobre ser necessário buscar para si mesmo o desenvolvimento de trabalho na área, dessa forma, torna seu procedimento padrão pesquisar a respeito de suas obsessões e pintar, desenhar, fotografar sobre tais temas.

Nesse sentido, desenvolveu a princípio uma técnica muito peculiar de desenho com canetas nanquim e grafite em desenhos de objetos realistas significativos para o artista e para as pessoas as quais ele baseava, como retratos dessas pessoas através da apropriação de um objeto que as representava.

Também desenvolve retratos de olhares em pequenos cadernos de forma realista tentando de certa forma representar o sentimento através do olhar. Faz fotografias urbanas também sempre buscando retratar de certa forma a cidade vazia ou a solidão urbana.

Em contrapartida na pintura tem desenvolvido trabalhos que retratam de forma abstrata a passagem do tempo, o próprio sentimento marcado em um momento específico enquanto marca seu embate físico com o trabalho e a tela em branca até que chegam ao fim a estruturar formas de tinta em suspensão buscando externar o movimento interno do sentimento e do próprio buscar o humano em si, o coletivo, e ao mesmo tempo o singular, pessoal e particular

SERVIÇO:
Pinacoteca de São Bernardo
Rua Kara, 105, Jardim do Mar.
Tel: 4125-4056. Livre/Grátis
Visitação até 18/11.
De terça a sábado, das 10h às 18h. Quinta até às 21h.

Fonte: ABC do ABC | www.abcdoabc.com.br
Postado por: Grupo Discom | grupodiscom.com.br

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *